Tipos de atendimento

A terapia é um processo que proporciona um intenso mergulho interior. Cada trabalho é único e conta com todo o sigilo necessário para o bem-estar do cliente, primando pela ética na relação terapeuta-cliente durante o decorrer de todo o processo psicoterapêutico.

Psicoterapia individual

Psicoterapia individual: terapia em que a pessoa faz sessões individualmente, geralmente uma vez por semana. Excepcionalmente, posso fazer atendimentos quinzenais ou duas vezes por semana. Pode ser presencial (no consultório) ou online (por Skype ou chamada de vídeo do Whatsapp). Exemplos de temas que podem ser abordados em terapia: questões de relacionamento (de casal, familiares ou profissionais); dificuldades relativas a diferentes fases da vida, como sair da casa dos pais, casar, ter filho, separar-se; dificuldade em arrumar um parceiro amoroso; questões profissionais; ansiedade; pânico; depressão; abuso sexual; dificuldade em perder ou ganhar peso; aprender a se valorizar e a dizer não; baixa autoestima; o fundo emocional das doenças; transgeneridade; impactos na saúde mental por situações de isolamento social / quarentena / adoecimento por pandemia de corona vírus (COVID-19), entre outros. A abordagem utilizada é a Gestalt-terapia. 

Terapia sexual

Terapia sexual: é uma terapia focal que pode ser feita individualmente ou em casal (heterossexual ou homoafetivo). O objetivo é trabalhar uma disfunção sexual: falta de desejo, ejaculação precoce, disfunção erétil, vaginismo (contração involuntária dos músculos próximos à vagina, que impedem a penetração), anorgasmia (falta de orgasmo), dispareunia (dor na relação sexual), fobia sexual. Também pode ser trabalhado o sentimento de inadequação sexual, que ocorre quando a pessoa se sente incomodada com alguma questão sexual sua ou do casal. Por exemplo, um homem deseja fazer sexo quatro vezes por semana e sua parceira uma vez por semana. O homem pode ter um sentimento de inadequação sexual no que diz respeito ao casal. Outro tema frequente são as consequências na vida sexual de episódios como abuso sexual, criação repressora e ideias negativas a respeito do sexo.

É importante ressaltar que sou devidamente habilitada para realizar atendimentos online pelo e-psi - "Cadastro Nacional de Profissionais de Psicologia para Prestação de Serviços Psicológicos por meio de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)", de acordo com a Resolução CFP Nº 11/2018. Isso se torna especialmente importante em situações de pandemia, como a do corona vírus em 2019/2020, pois o isolamento social, a quarentena e o adoecimento podem trazer importantes impactos na saúde mental das pessoas. 

O atendimento online só não poderá acontecer em casos de situação de urgência, emergência, desastres ou em situação de violação de direitos ou de violência. A prestação desses tipos de serviço deve ser executada de forma presencial.

Psicoterapia de casal

Psicoterapia de casal: a terapia é do casal. O objetivo é trabalhar algum tema concernente ao casal. O tema mais frequente é a dificuldade de relacionamento, baseada na falta de comunicação. Muitos casais chegam à terapia querendo melhorar a qualidade da relação conjugal, que, após muito tempo estagnada, chega a um nível muito ruim. Outros desejam se recuperar de alguma situação que trouxe estresse ao casal, como a traição. Os atendimentos geralmente são quinzenais. A abordagem utilizada é gestáltico-sistêmica.

Psicoterapia de família

Psicoterapia de família: a terapia é da família. O objetivo é trabalhar algum tema concernente à família como um todo. Exemplos: dificuldade em lidar com os filhos pequenos ou com os idosos da família; doença de uma pessoa da família que afeta as demais; dificuldade de relacionamento entre pais e filhos ou entre irmãos; drogadição de um membro da família que torna os demais codependentes; segredos familiares. Os atendimentos geralmente são quinzenais. A abordagem utilizada é gestáltico-sistêmica.

Psicoterapia de trisal ou outro relacionamento poliamoroso

Poliamor é o relacionamento amoroso simultâneo entre três ou mais pessoas, com o consentimento de todos os envolvidos. Assim como todos os relacionamentos, este pode passar por dificuldades. A terapia visa a melhoria dessas relações. Os atendimentos geralmente são quinzenais. A abordagem utilizada é gestáltico-sistêmica.

SOBRE A GESTALT-TERAPIA...

A Gestalt-terapia é uma abordagem da Psicologia, cujo tripé é o Aqui-agora, o Contato e a Awareness.

"A Gestalt-terapia é uma terapia existencial-fenomenológica fundada por Frederick (Fritz) e Laura Perls, na década de 1940. Ela ensina a terapeutas e pacientes o método fenomenológico de awareness, no qual perceber, sentir e atuar são diferenciados de interpretar e modificar atitudes preexistentes. Explicações e interpretações são consideradas menos confiáveis do que aquilo que é diretamente percebido ou sentido. Pacientes e terapeutas, em Gestalt-terapia, dialogam, isto é, comunicam suas perspectivas fenomenológicas. As diferenças de perspectivas tornam-se um foco de experimentação e de diálogo continuado. O objetivo é tornar os clientes conscientes (aware) do que estão fazendo, como estão fazendo, como podem transformar-se e, ao mesmo tempo, aprender a aceitar-se e valorizar-se." YONTEF, Gary. Processo, diálogo e awareness. São Paulo: Summus, 1998.

Obs: Somente faço atendimentos particulares. Clientes que possuem planos de saúde devem entrar em contato com o seu plano para saber se podem obter reembolso mediante a apresentação do recibo da consulta.

Para qualquer atendimento, entre em                          e marque uma entrevista. 



Dúvidas podem ser esclarecidas por telefone, Whatsapp ou     _______

Psicóloga - Flamengo - RJ

Agende uma entrevista

21  99975-4130
21  2265-7781

aruza@uol.com.br

        @psicologaaruzacarelli

Atendimentos no Flamengo (próximo à estação de metrô Largo do Machado) ou online.
Rio de Janeiro – RJ

Localização

© 2013 por Aruza do Carmo Ribeiro Carelli - CRP 05/29412.

Todos os direitos reservados.